Não é uma tarefa fácil falar de inteligência emocional, embora no começo pareça. Será preciso alterar alguns hábitos, abandonar algumas atitudes e adotar outras.

“Primeiro, formamos nossos hábitos; depois, nossos hábitos nos moldam”. – Napoleon Hill –

Para ter uma idéia, pense em quantas vezes você perdeu a calma ou chorou no escritório, brigou com outro motorista no trânsito, tratou pior alguém que te tratou mal…

Então, seguem dicas para alterar os comportamentos que não contribuem como uma inteligência emocional que trazem resultados favoráveis:

  • Trabalhe o autoconhecimento – se sentir “mal” é diferente de se sentir triste, ansioso, com raiva ou deprimido, por exemplo. Então, sempre que sentir alguma dessas emoções, descubra o que exatamente a causou e “esfrie a cabeça” antes de tomar qualquer atitude;
  • Seja autoconfiante – já disse num post anterior que, se você não acredita na sua capacidade ou no produto/ serviço que oferece, como espera que alguém acredite?

Talvez tenha que trabalhar sua autoestima como um todo, e não apenas profissionalmente para poder ser mais autoconfiante;

  • Aprenda a dizer não – muitas vezes por medo de ser considerado incompetente ou preguiçoso na empresa, você diz sim para tudo. Mesmo que seja uma nova tarefa com prazo impossível de cumprir, concorda e depois fica com raiva (do chefe, de si mesmo, da equipe);
  • Não seja rancoroso – você prefere empregar seu tempo remoendo mágoas e ofensas, ou criando novos conteúdos para seu negócio online? O segredo aqui é foco: emoções, pensamentos e sentimentos negativos vão te fazer alcançar seus objetivos mais rapidamente? Não? Então não perca tempo nem energia com isso;
  • Faça o melhor a cada dia, mas aceite que não fique perfeito – perfeccionismo gera ansiedade e medo, duas emoções que destroem sua energia e capacidade para realizar um bom trabalho. Se hoje não ficou tão bom, da próxima vez você terá mais experiência e fará melhor.
  • Tenha controle emocional: não deixe que as emoções negativas das outras pessoas detonem sua paz, alegria, motivação e entusiasmo. O que nos leva ao próximo tópico: